domingo, 23 de dezembro de 2012

Cuco!


              Aponta com a mão minúscula e com olhar sério de deslumbramento. Tique-taque. Vou seguindo a candura do gesto, buscando o motivo daquele pedido mudo. Nenhuma palavra. Tique-taque. A mãozinha dirige o mundo desapegado de caprichos; imprescindível é perseguir o caminho da pureza. Nenhum som. Som nenhum. Apenas o tique-taque do relógio e o pasmo incompleto à procura do indefinido.

               Assim é este momento. Instante de diligência e de esperança. Tique-taque. Tudo segue seu curso, tudo se renova neste tempo de arejar a casa, de lavar a louça, de acender as luzes. Tique-taque. Pensamentos altruístas compõem quimeras incógnitas sem rancores, sem agressividades, sem hipocrisias. E os pensamentos conduzem o mundo desapegado de preconceitos.

               A mãozinha ainda aponta e o tique-taque torna-se mais forte. O pássaro se envaidece e surge sereno, sobremaravilhado. Tique-taque. É efêmero, mas o sonho daquela mão pequenina faz a carinha séria sorrir e pronunciar sua primeira palavra: Cuco!

               Assim é este momento! Instante de harmonia e de reverência. Cuco! Tudo segue seu curso e tudo renasce neste tempo de inocência. E de epifania. Cuco!


QUE A INOCÊNCIA POSSA ENCHER NOSSOS CORAÇÕES DE HARMONIA NESTE NATAL
 E EM TODO ANO NOVO QUE SE APROXIMA.
SÃO OS VOTOS DESSES BOTÕES A TODOS OS MEUS QUERIDOS AMIGOS E SEGUIDORES.

 (imagem: http://www.google.com.br)

12 comentários:

  1. Obrigada, Maria Teresa! "Cuco" para você também! Que anuncie um Santo e Feliz Natal!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  2. Querida Célia:
    Obrigada pelo carinho. Muitas alegrias nestas festas e em todo novo ano.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Cuco Tereza!
    Muitas alegrias pra voce também e continue nos prestigiando com seus lindos textos Bjs nas crianças
    Mil cores na sua vida e os que te amam...

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, Iracema. Um Natal abençoado também para você e para sua família.

    ResponderExcluir
  5. A minha Julieta também adora um relógio de cuco que tenho na cozinha. Assim que entra em minha casa, estica logo o dedito na direção da cozinha. Só ainda não diz "cuco".
    Espero que tenha passado um feliz Natal e que o novo ano traga tudo de bom, em especial saúde e paz.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Reconhecer a inocência não é simples as vezes, mas é uma forma de humildade! Amei seu blog, se permitir a seguirei! abraços

    ResponderExcluir
  7. Lourdes:
    As crianças são uma dádiva, não é?
    Desejo-lhe que o início de 2013 seja abençoado ao lado da família e das netas lindas.
    Beijos


    Ives:
    Seja muito bem-vindo! Meus botões aqui vão ficar felizes com sua presença.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. O que seria d nós se não fossem os "cucos" da vida! Aqueles que ilustram mãozinhas puras e inocentes, aqueles que nos enchem de esperança e fé. Que ele aponte para nós durante todo o ano novo, atraindo bênçãos e graças.

    Beijos e Ruth

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ru, de fato! Fazem tudo ficar mais colorido! Bjos

      Excluir
  9. Marcelo Sguassábia3 de janeiro de 2013 12:42

    Oi, Maria Teresa.
    Agradeço não só os votos, mas especialmente o singelo e esperançoso texto. Benditos botões, estes seus!
    Um 2013 além das melhores expectativas. Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Marcelo: acrescento ainda - que 2013 continue nos presenteando com suas crônicas geniais! Abração

    ResponderExcluir
  11. Que ano esse inunde de girassóis vida tua e dos que mais amas

    bzuz nuestros

    viva la vida

    ResponderExcluir